Duas conquistas

Heloísa Taveira e Ana Laura Siqueira ficaram em segundo e terceiro lugares no Prêmio José Hamilton Ribeiro, da Abag-RP

Da redação

Foto acima: Amigas, Heloísa (esq.) e Ana Laura fizeram parte do mesmo grupo de trabalho durante os quatro anos da faculdade de Jornalismo (Acervo pessoal)

Duas estudantes do último ano do curso de Jornalismo da Unifran estão entre os vencedores Prêmio José Hamilton Ribeiro, promovido pela Associação Brasileira do Agronegócio na região de Ribeirão Preto (Abag-RP). A cerimônia de anúncio das melhores reportagens foi na última quarta-feira (02/12), com transmissão online.

Heloísa Taveira e Ana Laura Siqueira concorreram na categoria Jovem Talento. Heloísa conquistou o segundo lugar na modalidade Escrita, com a reportagem “Aliada da saúde”, sobre uma pesquisa que mostrou que o extrato de jabuticaba pode ser um aliado contra problemas associados ao ganho de peso e ao câncer de próstata. Ela faturou um vale-compras de R$ 2 mil.

Já Ana Laura ficou com o terceiro lugar na modalidade “Vídeo/Áudio”, com a reportagem em áudio “Ingredientes regionais”, que aborda o crescimento do mercado de cervejas artesanais a partir de produtos agrícolas típicos dos lugares onde as bebidas são fabricadas, como frutas, rapadura e, no caso de Franca, o café. O prêmio foi um vale de compras de R$ 1500,00.

Prêmios foram um reconhecimento aos esforços no curso: no mesmo dia, elas apresentaram o TCC (Foto: Acervo pessoal)

Ambas as reportagens, orientadas pelo professor Igor Savenhago, com a colaboração de outro docente, José Augusto Reis, foram publicadas aqui no portal Agenda Sette, que reúne, desde 2018, as principais produções do curso de Jornalismo da Unifran. Outras duas reportagens, “Novos perfumes”, sobre a produção de lavandas para os mercados de cosméticos, turismo e culinária, de Ana Laura, e “Queijo em maturação”, sobre a busca dos produtores de lácteos por conquistar o paladar dos brasileiros para queijos especiais, de Heloísa, ficaram entre as dez melhores reportagens na modalidade Escrita, que integram uma revista publicada pela Abag-RP.

Amigas

Heloísa e Ana Laura não se desgrudam desde o primeiro ano da faculdade. Integram o mesmo grupo de trabalho desde que o curso de Jornalismo da Unifran começou, em 2017, junto com outras duas amigas – Juliana Teodoro e Moara Ribeiro. As quatro já classificaram três trabalhos para a final do Expocom Sudeste, concurso promovido pelo Intercom, o maior congresso de comunicação do país: “A Flor da Idade” em 2018, “Segredos do confessionário” em 2019″ e “Tratar e Entreter” neste ano.

As duas decidiram, também juntas, participar, pela primeira vez, do Prêmio José Hamilton Ribeiro. Os vencedores foram anunciados no mesmo dia em que elas apresentaram o Projeto Experimental de Conclusão de Curso (TCC). Heloísa é só alegria. “Saber que contribuí não só para o Jornalismo, mas para o agronegócio, que é tão forte em nossa região, é motivo de orgulho. Essa vitória, em meio a tantas outras pessoas qualificadas, só me inspira a buscar mais. Além disso, a oportunidade que a Abag dá para estudantes e profissionais da área é um estímulo que precisa expandido por todo o país.”

Ana Laura descreve que começou a escrever sobre agropecuária há pouco tempo e, a cada reportagem, se envolve mais. “Gostei das minhas produções, mas, como foi a primeira vez que me inscrevi, não acreditava muito que poderia ganhar logo de cara. Foi uma surpresa incrível! Estar entre os vencedores trouxe segurança para apostar no meu trabalho. Foi uma confirmação de que estou no caminho certo e, na verdade, isso é o grande prêmio!”

José Hamilton Ribeiro, ícone do Jornalismo brasileiro, nasceu em Santa Rosa de Viterbo, na nossa região (Imagem: Divulgação)

José Hamilton

A iniciativa da Abag-RP leva o nome de um dos maiores e mais premiados jornalistas do país. José Hamilton Ribeiro é repórter especial do Globo Rural, programa matinal da TV Globo ao qual se dedica há mais de 25 anos. Na própria Globo, passou pelo Globo Repórter e pelo Fantástico, e também trabalhou, entre outros lugares, nas revistas Realidade e Quatro Rodas, e no jornal Folha de S. Paulo.

Nascido na região de Ribeirão Preto, em Santa Rosa de Viterbo, em 29 de agosto de 1935, ele, que participou da cerimônia de premiação, com palavras de incentivo aos participantes, coleciona sete prêmios Esso, considerado o maior reconhecimento aos profissionais da imprensa brasileira. Nenhum outro jornalista conseguiu esse feito.

Uma das reportagens premiadas é sobre a cobertura da Guerra do Vietnã, em 1968, na qual José Hamilton perdeu a perna esquerda ao pisar numa mina. Essa, que foi publicada pela revista Realidade, e as outras seis reportagens ganhadoras do Esso estão no livro “O repórter do século”.

O prêmio

O prêmio José Hamilton Ribeiro entrou, agora em 2020, em sua 13ª edição. Promovido desde 2008, recebe reportagens sobre a agropecuária brasileira em diversos aspectos: mercado, tecnologia, curiosidades, entre outros.

Para inscrever as reportagens, os estudantes participam de visitas técnicas a empresas ligadas à produção de alimentos. Por causa da pandemia de Covid-19, houve mudanças na programação em 2020, que contou com palestras com profissionais do setor por videoconferência.

Além da categoria Jovem Talento, há a Profissional, que valoriza jornalistas da área em quatro modalidades: internet, jornal impresso, revista impressa e TV.

Prêmio reconhece produções jornalísticas sobre economia, novas tecnologias, curiosidades do campo, entre outros assuntos ligados à produção de alimentos (Foto: Banco de imagens)