Planta medicinal

Experimentos feitos na Unifran demonstram eficácia da copaíba, nativa da América Latina, contra cárie e periodontite

Hevertom Talles

Foto acima: No Brasil, a copaíba pode ser encontrada na Amazônia (Banco de imagens)

Uma pesquisa desenvolvida na Universidade de Franca (Unifran) identificou, em produtos naturais, eficácia para eliminar a cárie e a periodontite, problemas bucais comuns que apresentam resistência a antibióticos. A descoberta foi que a oleorresina extraída de plantas popularmente conhecidas como copaíbas atua no combate a esses males. A pesquisa começou a ser desenvolvida em 2016.

As copaíbas são amplamente utilizadas na medicina popular devido justamente às propriedades da oleorresina, que é extraída do tronco e cujo uso se dá por via oral ou tópica. São árvores frutíferas nativas da América Latina, principalmente do México e do norte da Argentina. Também podem ser encontradas na Amazônia.

Algumas pesquisas apontam que 60% da população brasileira adulta já foram afetados por cárie, que leva à degradação do esmalte dos dentes por meio da ação de ácidos produzidos pelas bactérias presentes na boca. As complicações podem chegar a afetar os canais dos dentes.

A periodontite é menos comum. Mas pode trazer também problemas sérios, já que infecciona ligamentos e ossos, sendo a principal causa da perda dentária em adultos. A placa bacteriana e o tártaro se acumulam na base dos dentes, desenvolvendo uma espécie de “bolso” entre eles e as gengivas, o que provoca a infecção.

Óleo extraído da planta tem propriedades medicinais (Foto: Banco de imagens)

Os experimentos com o uso das copaíbas foram feitos pelo estudante de Biomedicina Vinicius Cristian Oti dos Santos, sob orientação de Carlos Henrique Gomes Martins, biomédico especializado em Microbiologia. A ideia do projeto partiu do estudante, que procurou Martins com o interesse de testar as copaíbas.

Depois de comprovado que as bactérias causadoras dos dois problemas foram eliminadas em testes in vitro, o próximo passo será confirmar a eficácia da planta em ratos, etapa que deve ser concluída ainda dentro de alguns anos. A expectativa é que alguma empresa apareça e demonstre interesse em contribuir com a continuidade dos experimentos até chegar aos humanos.

Pacientes que têm medo de ir ao dentista serão os mais beneficiados, como é o caso da Carla Sabrina Silva, 24 anos, técnica em radiologia de Franca. Ela ficou bastante satisfeita com a possibilidade do uso desse produto natural para inibir possíveis cáries. “Seria ótimo. Uma chance a menos de ir ao dentista.”

Propriedades medicinais

A copaíba também é conhecida como copaíba-verdadeira, copaíva, bálsamo da Amazônia, entre outros nomes.

O óleo dela é utilizado no tratamento de vários tipos de doença, como dermatites, feridas, picadas de insetos e sífilis, além de beneficiar pessoas com artrite. Como ele possui alto teor de ácidos graxos essenciais, é capaz de regenerar o colágeno, hidratando a pele e combatendo celulites e estrias.

O óleo também contém uma quantidade significativa de ácido caurenóico, que tem efeitos anti-inflamatórios, antimicrobianos, diuréticos, bem como de controle da pressão arterial e relaxamento muscular.

Eficácia contra cárie e periodontite foi comprovada em testes in vitro na Unifran (Foto: Divulgação)